A história de Steve Jobs

Steve Jobs era um visionário, um inovador e um empreendedor. Ele é mais conhecido como cofundador e CEO da Apple Inc., o homem que trouxe inovação para a indústria de computadores pessoais.

Seus produtos mudaram o mundo e sua visão mudou a forma como interagimos com a tecnologia.

Como foi criada a Apple?

Uma das maiores empresas de tecnologia que conhecemos hoje contribuiu ativamente para que pudéssemos viver essa realidade, onde todos estão conectados o tempo inteiro. 

Bem vindo ao iPhone Blog e se você ainda não sabe de que empresa estou falando, continue acompanhando este artigo e descubra tudo sobre a história da Apple: a gigante de tecnologia que revolucionou o mercado! 

Quem criou a Apple?

As revoluções no mundo digital ao longo da história nos levou ao que temos hoje: computadores de última geração, smartphones cada vez melhores, tablets, dispositivos vestíveis entre tantas outras inovações que a cada ano surgem.

Para iniciarmos essa história, precisamos voltar ao ano de 1971, para o começo da amizade entre duas figuras importantes dessas história: os dois Steves.

Estamos falando de Steve Jobs e Steve Wozniak, que após alguns anos de amizade, trabalho e interesses por eletrônicos junto com a tecnologia alinhados, fundaram a hoje tão conhecida Apple Inc. Woz, já em seus 21 anos e expulso da sua primeira universidade por hackear computadores, sonhava em investir em um negócio próprio nesta área pela qual era fascinado.

Steve Jobs de abandono da faculdade a CEO de renome mundial

A história de Steve Jobs é um exemplo de uma pessoa que teve uma visão e foi capaz de dar vida a ela. Ele foi uma das pessoas mais influentes do mundo e seu legado viverá por muitos anos.

Steve Jobs, que abandonou a faculdade, era fascinado por tecnologia. Ele tinha uma visão do que os computadores pessoais poderiam ser máquinas que permitiam às pessoas comuns, usar sua criatividade de maneiras que antes não eram possíveis.

Ele co-fundou a Apple Computers em 1976 com Steve Wozniak, Ronald Wayne e Mike Markkula. Jobs viria a revolucionar a indústria de computadores com seus projetos para a série Apple II e computadores Macintosh, introduzindo gráficos coloridos e a editoração eletrônica.

Qual é a história de Steve Jobs?

Steve Jobs foi um pioneiro da computação pessoal e o inventor da Apple Computers. Ele nasceu em 1955, em San Francisco, filho de um imigrante sírio nascido de pais turcos. Logo se mudaram para a Califórnia para buscar educação e uma vida melhor.

World Expo
Steve Jobs

Ele cresceu em um ambiente suburbano e teve o que chamou de uma educação “idílica”.

Jobs estudou no Reed College por um semestre antes de desistir para seguir seu próprio caminho. Em 1976, ele abandonou a faculdade e foi para a Índia para se encontrar.

Ele então passou algum tempo no Oriente Médio antes de voltar para casa para trabalhar na Atari, onde conheceu Steve Wozniak. Juntos, eles fundaram a Apple Computers em 1º de abril de 1976 com US$ 1.300 doados pelos pais de Jobs.

Construído com uma velocidade recorde, com poucos recursos e de maneira totalmente inovadora, foi lançado então, em 1º de abril de 1976, o Apple I. O primeiro computador da Apple Computers Inc (como foi registrada a empresa inicialmente), possuía uma tecnologia diferente da que os computadores da época ofereciam, pois o Apple I podia ser conectado a uma tela de televisão, o que tornava muito mais prático e acessível.

O lançamento desse produto rendeu à eles uma venda de mais 50 computadores que foram produzidos, na garagem dos pais de Jobs e vendidos a U$500 dólares.

O primeiro grande produto de Jobs foi o Macintosh, que revolucionou a computação pessoal porque tornou os computadores mais acessíveis e acessíveis para as pessoas comuns.

O iPhone introduzido no mercado em 2007, também um dos marcos da Apple Inc, que trouxe uma mudança revolucionária para o mundo da telefonia com os seus aparelhos que permitiam o toque na tela, uma interface amigável e diversas funcionalidades de fácil acesso e uso.

Qual a história da marca Apple?

Jobs, por outro lado, estava apenas nos seus 16 anos quando teve seu primeiro contato profissional com a área em um estágio de verão na empresa HP.

No início da Apple Computers Inc ao longo dos anos, Jobs e Woz começaram a perceber que sua dinâmica de trabalho funcionava muito bem ao desenvolver alguns projetos juntos, como a criação das “blue boxes”, que eram mecanismos que tornava possível realizar chamadas de longa distância gratuitamente ou a ajuda que Woz deu a Jobs em seu trabalho para a Atari, desenvolvendo uma placa de circuitos para o jogo Breakout.

A partir de 1975, os dois Steves começaram a frequentar um clube que reunia um grupo de pessoas que também tinha paixão pelos eletrônicos, o Homebrew Computer Club, e inspirado pelo MITS Altair que viu em um desses encontros.

Woz começou a trabalhar no que viria a ser o primeiro computador da Apple.

Apple Computer

Wayne comprou 10% das ações da empresa, mas vendeu após algumas semanas com receio dos riscos envolvidos em investir em uma empresa pequena. Um fator curioso dessa história é a escolha do nome Apple para uma empresa de tecnologia.

O que significa o símbolo da Apple?

O que maçã (Apple em inglês) tem a ver com computadores? Bom, preciso dizer que o nome veio a partir de uma viagem que Jobs fez para uma fazenda de maçãs. É isso mesmo! Jobs, que era um entusiasta das frutas, sugeriu o nome, e nem ele nem Wozniak conseguiram pensar em outro melhor para dar à empresa e assim foi fundada a Apple Computers Inc.

Steve Jobs, a vida e o legado do visionário da tecnologia

O falecido Steve Jobs foi um empresário, inventor e designer industrial americano.

A apresentação de Jobs ao público veio com o Apple II em 1977 e o primeiro grande produto da empresa que se tornaria um sucesso comercial. A empresa iria lançar outros produtos populares, como Macintosh (1984) e iPad (2010).

Jobs é creditado por “efetivamente inventar o computador pessoal” por seu trabalho no Apple II, Macintosh e iPad. Ele também foi creditado por ter uma compreensão “visionária” de como os dispositivos de computação deveriam ser, o que resultou em ele ser rotulado como uma das pessoas mais importantes de todos os tempos.

Qual foi o objetivo de Steve Jobs?

Ele queria fazer produtos que mudassem o mundo e fossem lembrados por séculos.

Jobs queria que sua empresa – a Apple – fosse um modelo para o resto do mundo. Ele queria que sua empresa tivesse um efeito profundo na vida das pessoas, não apenas na maneira como fazem negócios, mas também na forma como vivem suas vidas pessoais.

O objetivo de Steve Jobs era fazer um produto o mais próximo possível da perfeição. Ele queria criar um produto que fosse fácil e intuitivo para o usuário.

Porque Steve Jobs foi demitido da sua própria empresa?

Steve Jobs foi demitido de sua própria empresa porque não era um bom gerente.

O conselho de administração sentiu que Jobs não era o melhor gerente para a empresa e não tinha as habilidades para ser um CEO. Jobs, no entanto, discordou e afirmou que era um jogo de poder de John Sculley, que havia sido nomeado CEO da Apple.

Os altos e baixos da carreira de Steve Jobs

Steve Jobs foi um dos empresários e inventores mais bem sucedidos da história. Ele foi o fundador da Apple, Pixar e NeXT. Ele também atuou como CEO da Apple e da Pixar.

A vida de Jobs teve seus altos e baixos. Sua carreira teve muito a ver com sua personalidade, seu desejo de sucesso, sua capacidade de criar produtos inovadores que as pessoas queriam comprar e seus relacionamentos com outras pessoas.

Steve Jobs morreu com quantos anos?

Steve Jobs morreu aos 56 anos no dia 5 de outubro de 2011. Ele foi um visionário que colocou a Apple no caminho para se tornar uma das empresas mais bem-sucedidas da história, e fez produtos que mudaram a forma como vivemos, trabalhamos e nos divertimos.

A mente inovadora de Steve Jobs que mudou o mundo

Jobs tinha uma mente inovadora que poucas pessoas têm. Ele era capaz de ver as coisas de maneira diferente de todos os outros e também tinha muita criatividade, o que lhe permitiu criar novas ideias para produtos que ninguém mais pensaria.

Steve Jobs um homem à frente de seu tempo que mudou nosso mundo para sempre

Steve Jobs era um homem que tinha uma intuição para o que as pessoas queriam antes que elas mesmas soubessem. Ele era alguém que tinha a capacidade de ver o futuro e mudá-lo através de sua visão.

Ele era um visionário, inventor e empresário com uma profunda compreensão do que as pessoas querem da tecnologia. Seu legado mudou nosso mundo para sempre de maneiras que ainda são sentidas hoje.

Top citações inspiradoras de Steve Jobs que mudaram a maneira como pensamos para sempre

“Se você viver cada dia como se fosse o último, algum dia você certamente estará certo.”

-Steve Jobs

“Seu tempo é limitado, então não o desperdice vivendo a vida de outra pessoa. Não fique preso pelo dogma – que é viver com os resultados do pensamento de outras pessoas e a voz interior. E o mais importante, tenha a coragem de seguir seu coração e sua intuição.”

-Steve Jobs

Filme Steve Jobs o homem que mudou o mundo

Steve Jobs é um filme de drama biográfico americano de 2013 dirigido por Joshua Michael Stern. O roteiro foi escrito por Aaron Sorkin e é baseado no livro Steve Jobs de Walter Isaacson.

O filme é estrelado por Ashton Kutcher como Steve Jobs, Josh Gad como cofundador da Apple, Steve Wozniak e Dermot Mulroney como o ex-CEO da Apple John Sculley.

O que fala o livro do Steve Jobs?

Existem versões diferentes dos livros com a sua história. Em alguns existem citações como os pensamentos e percepções de Jobs sobre a vida, o trabalho e o futuro são compartilhados. Ele também compartilha seus pensamentos sobre o que significa ser criativo.

Memórias de Steve Jobs é um livro que conta a história da vida de Steve. Ele compartilha seus pensamentos sobre o que significa ser criativo neste livro.

Algumas curiosidades sobre Steve Jobs

Steve Jobs foi um visionário e líder no mundo da computação pessoal, cofundador da Apple Computers, Inc.

Trabalhando na Atari, Jobs aprendeu a levar ideias desde o design inicial até o produto final. O computador pessoal era uma ideia apenas esperando para ser realizada por ele.

O primeiro computador que Steve Jobs construiu, sem caixa e todas as peças soldadas à mão. Este pedaço da história está agora em exibição no museu Smithsonian em Washington, DC.

O Apple-1 foi montado por Jobs e Wozniak em sua garagem. Apenas 200 foram feitos entre 1976 e 1977. O que é tão significativo sobre este computador é que ele foi o primeiro a ter um teclado, memória e CPU – todos integrados dentro de seu gabinete.

Com o lançamento dos computadores Apple II e Macintosh, Jobs mudou a forma como as pessoas interagem com os computadores. Foi o início de uma revolução que continua até hoje com produtos da Apple como iPhone, iPad e MacBook Air.

Os usuários dos produtos da maçã agradecem muito por tudo o que foi feito no passado para chegar ao que temos hoje.

Todos os participantes do iPhone Blog agradecem a tudo o que foi feito por Steve Jobs.

5/5 - (5 votos)
Você pode gostar também:
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informações

pt_BR