A Apple está se preparando para lançar a próxima versão do Apple Watch em 2024

Cristina Assunção

De acordo com fontes, o dispositivo terá uma série de inovações relacionadas à saúde e ao bem-estar do usuário.

A empresa visa criar um futuro em que as pessoas dependam menos de dispositivos médicos específicos, como medidores de pressão arterial e termômetros, reduzindo as coletas de sangue e as visitas frequentes aos consultórios médicos.

Como otimizar a bateria do iPhone 8 Plus: dicas essenciais para maior durabilidade

A intenção da Apple é consolidar o Apple Watch como um dispositivo de saúde multifuncional

Multifuncional/Imagem-crédito: independent-David Phelan
Multifuncional/Imagem-crédito: independent-David Phelan

Uma das principais adições previstas para o Apple Watch de 2024 é um sensor capaz de detectar pressão arterial elevada. Embora a medição precisa da pressão arterial não seja inicialmente exibida ao usuário, a Apple está trabalhando em uma versão subsequente que permitirá o acompanhamento desse parâmetro. Além disso, o dispositivo terá um diário de pressão arterial para que os usuários possam registrar eventos relacionados à hipertensão, ajudando a identificar padrões e causas.

Fone de ouvido para iPhone: guia completo e melhores opções

O Apple Watch também terá a capacidade de detectar a apneia do sono, monitorando os hábitos de sono e a respiração do usuário. Isso permitirá ao dispositivo prever a presença da doença e recomendar uma consulta médica.

Outra inovação é a transformação dos populares AirPods da Apple em aparelhos auditivos de venda livre. A empresa está explorando maneiras de aproveitar seus fones de ouvido para atender às necessidades de pessoas com problemas de audição e está desenvolvendo novos recursos para testar a audição dos usuários.

Descubra a importância da bateria original para o iPhone 8 Plus

Outras informações: Apple planeja dobrar a produção de iPhones na Índia até 2024

Serviço de “coaching” de saúde com AI

AI Coaching/Imagem-crédito: .editorji
AI Coaching/Imagem-crédito: .editorji

A Apple também planeja introduzir um serviço pago de “coaching” de saúde, que fará uso da inteligência artificial e dos dados coletados pelos dispositivos dos usuários para criar planos alimentares e programas de exercícios personalizados. Essa abordagem promete auxiliar os clientes em seu caminho para um estilo de vida mais saudável.

Descubra tudo sobre o carregador do iPhone 8: guia completo e dicas de uso

Além disso, a empresa está considerando adicionar recursos anti-ansiedade e de treinamento ao seu próximo fone de ouvido Vision Pro, permitindo que o dispositivo forneça recomendações relacionadas à alimentação, sono e exercícios com base nos dados coletados pelos dispositivos Apple.

Com essas inovações, a Apple está consolidando sua posição no mercado de rastreadores de saúde e fitness, que está crescendo rapidamente e é projetado para se tornar uma indústria de quase US$ 200 bilhões por ano em uma década. A empresa está se esforçando para criar um ecossistema de saúde abrangente que coloca a saúde e o bem-estar dos usuários em primeiro lugar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *