Apple inicia a produção do iPhone 13 dobrável

modelos do iPhone

Conheça as possíveis novidades ou atualizações no próximo futuro do novo iPhone 13. Review iPhone.

Rumores da próxima geração do smartphone

A empresa Apple começou o trabalho de desenvolvimento antecipado do seu novo lançamento, o famoso iPhone dobrável e está planejando mudanças, incrementais para a sua família iPhone em 2021, embora uma grande atualização possa ter a inclusão de um sensor de impressão digital na tela.

De acordo com um relatório da Bloomberg, a empresa Apple ainda não solidificou os planos de lançamento do seu novo iPhone dobrável. Até agora, desenvolveu alguns protótipos de telas dobráveis para testes internos na sua família de aparelhos, mas o trabalho não se estendeu muito além do display.

Esse seria o novo iPhone?

Supostamente, a tela dobrável da Apple conta com uma “dobradiça praticamente invisível com a parte eletrônica atrás do display”. A gigante da tecnologia também discutiu várias opções sobre o tamanho de tela, incluindo um dispositivo que pode se desdobrar para uma pegada de 6,7 polegadas como do iPhone 12 Pro Max

A Bloomberg observa que a Apple ainda não tem um protótipo completo de aparelhos, e ressalta que um iPhone dobrável pode demorar anos ou nunca estrear. Agora é aguardar novas informações desse projeto. Dizem que a nova linha seria com o novo processador A15 Bionic. O desenvolvimento do chip ainda não está 100% confirmado.

novidades iphone13
lançamento do iPhone

Rumores de um “iPhone Dobrável” sempre surge como notícias inovadoras por anos, embora o conceito exista principalmente na forma de inúmeras patentes. Relatórios anteriores sempre surgem que a Apple está testando, internamente protótipos dobráveis do iPhone.

Nova geração do iPhone 13

Em vez de focar somente em um iPhone dobrável, diz-se que a Apple está focando em sua próxima linha de dispositivos, iPhone e iPad para lançamento no final de 2021. Em 2021 está se configurando para ser um ano de mudanças nos designers para o iPhone, com poucas inovadoras no design ou recursos em comparação com a série do iPhone 12. Vamos ver o que a empresa está preparando de inovação.

A Apple ainda está testando uma grande atualização significativa para o chamado “iPhone 13”, que seria um suposto leitor de impressões digitais no display. Isso pode ser inovador.

A empresa abandonou o Touch ID nos seus principais dispositivos em 2017, mas o sistema de autenticação de impressões digitais ainda é usado em vários, modelos atuais na linha do iPhone, iPad e Mac. Também houve indícios de que a Apple tem trabalhado para trazer, o recurso de volta aos seus aparelhos premium para complementar, o famoso Face ID que seria a medida de segurança biométrica.

Seria um sucessor do iPhone SE?

Em agosto de 2019, o analista da TF Securities Ming-Chi Kuo previu que a linha de iPhone em 2021, poderia contar tanto com o Face ID quanto ao famoso Touch ID. A empresa Qualcomm, disse ser o provável fornecedor dos componentes do sensor de impressão digital, que também estreou recentemente um leitor de impressões digitais muito mais rápido do que se esperava.

A empresa também está considerando algumas tendências com a empresa Nixing em um futuro modelo de iPhone, deixando o carregador MagSafe como as únicas tecnologias de carregamento disponíveis. Para o iPad, diz-se que a Apple está planejando um novo iPad Pro semelhante ao modelo atual, mas com um mini display LED e um processador mais rápido.

Rumores sobre o novo módulo de câmera que seria a princípio a câmera ultra angular. De acordo com esses rumores, as câmeras estariam completamente cobertas com um cristal de safira, então não teríamos 2 ou três lentes separadas.

Em termos de App Store ainda não existem novidades/mudanças, porém a redes 5G mmWave já é uma realidade. As operadoras telefônicas no Brasil ainda não tem tecnologia, para esse avanço e vai demorar um tempo para isso acontecer infelizmente.

Existem rumores ainda não confirmados sobre armazenamento de 1 terabyte que pode estar, presente nos próximos iPhones 13. Talvez possa levar em consideração que a Apple, geralmente dobra o armazenamento máximo a cada dois anos.

Agora uma opinião pessoal: Uma jogada muito sábia. Dar aos usuários outra opção biométrica facilitaria a vida de quase todos. Remover o ponto de carregamento seria uma, boa estratégia e tendência futuro de mercado e poderá ser revolucionário.

A ideia seria o aumento na velocidade de carregamento sem fio. A linha de fio da Apple é acabar com o tempo. Não podemos viver para sempre no passado novas tendências e tecnologias tendem aparecer.

Deixe uma resposta