Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, a Apple divulgou novas descobertas

Cristina Assunção

Sobre a saúde das mulheres em preparação para o próximo Apple Watch Challenge em 8 de março. Veja as novidades.

Esses detalhes iniciais fornecem uma visão inspiradora de até onde chegamos em termos de compreensão e manutenção da saúde da mulher.

A Apple conduziu recentemente o Estudo de Saúde da Mulher em colaboração com a Harvard School of Public Health e o NIEHS. O estudo coletou dados cruciais relacionados à menstruação usando iPhones e relógios da Apple, ajudando a aprofundar a pesquisa sobre a saúde da mulher.

A empresa apontou como a menstruação, embora essencial para a saúde feminina, tem sido seriamente negligenciada nas pesquisas. Graças a esta tecnologia, as mulheres nos Estados Unidos podem agora fazer parte deste estudo e verificar seu ciclo apenas com seus iPhones.

A Apple dobra o investimento no centro de chips alemão

Outras informações: Descubra os países onde os iPhones são mais populares!

Para gerar conhecimento foram pesquisados mais de 50.000 participantes

Rastreamento do ciclo feminino/Imagem-crédito: /teg6
Rastreamento do ciclo feminino/Imagem-crédito: /teg6

Em seu estudo, os pesquisadores vasculharam os dados adquiridos de mais de 50.000 participantes para gerar conhecimento substancial sobre a Síndrome do Ovário Policístico, infertilidade e transição da menopausa. Especialmente a conexão entre ciclos anormais prolongados e hiperplasia endometrial e câncer.

Por meio desta pesquisa constatou-se que 12% dos indivíduos apresentavam SOP. Este grupo de pessoas tinha uma probabilidade 4 vezes maior de desenvolver hiperplasia endometrial (estado pré-cancerígeno no útero) e um risco 2,5 vezes maior de câncer uterino em comparação com aquelas sem SOP (Síndrome dos Ovários Policísticos).

O que é carregamento de energia limpa e como ela funciona?

Levou 5 anos ou mais para 5,7% das participantes adquirirem um ciclo regular após a primeira menstruação. Este grupo foi duas vezes mais propenso a desenvolver hiperplasia endometrial e 3,5 vezes mais propenso a ter câncer uterino, em comparação com aqueles cuja menstruação retornou regularmente mais cedo. Nas quais algumas relataram que seus ciclos demoraram menos de 1 ano para atingir a regularidade.

Essas descobertas ajudam as mulheres a procurar um médico na primeira oportunidade em relação seu problema de saúde

Novo Apple Watch Challenge/Imagem-crédito: olanerd
Novo Apple Watch Challenge/Imagem-crédito: olanerd

Com essas descobertas, os indivíduos podem não apenas compreender os mecanismos da doença, mas também reconhecer seus fatores de risco e consultar um médico na primeira oportunidade em relação ao seu ciclo irregular.

É essencial aumentar a conscientização sobre o ciclo menstrual e suas implicações para a saúde uterina, especialmente quando as mulheres sofrem alterações persistentes em seus períodos. Esta revisão destaca a importância de consultar um profissional de saúde para obter diagnóstico e tratamento adequados. Esse tipo de pesquisa é de longo prazo e deve eventualmente fornecer novas maneiras de diminuir as chances, de doenças e otimizar a saúde em todas as fases da vida.

Essa pesquisa foi intensificada desde o lançamento do iOS 16 e do wachOS 9

Apple Watch com sensor corporal/Imagem-crédito: folhape- Por Katarina Bandeira
Apple Watch com sensor corporal/Imagem-crédito: folhape- Por Katarina Bandeira

Dra. Shruthi Mahalingaiah, Professora de Saúde Reprodutiva e Ambiental na Harvard Chan School, a Dra. X é uma das co-investigadoras do Apple Women’s Health Study.

Recurso de continuidade de patentes da Apple para fones de ouvido aumentados e de realidade virtual

A pesquisa da Apple foi intensificada desde o lançamento do iOS 16 e do watchOS 9. O novo software apresenta rastreamento aprimorado do ciclo menstrual, como o reconhecimento de um período prolongado ou irregular que pode estar relacionado a outros problemas de saúde.

O monitoramento pode ser ainda mais efetivo com a ajuda do sensor de temperatura corporal presente nos Apple Watches Series 8 e Ultra, permitindo receber previsões de ovulação.

A equipe já fez um trabalho fantástico nessa área, compartilhando diversas descobertas com o mundo para ampliar o entendimento sobre o assunto.

Esperamos obter mais sucesso deles na próxima etapa e estamos ansiosas para aprender mais sobre o que eles descobrem.

iPhones que suportam 5G “puro” (SA) no Brasil

Apple dia da mulher, Apple dia das mulheres.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *