iPhone 11 Pro Max ficha técnica

Hoje vamos apresentar um review do iPhone 11 Pro Max. O iPhone XS Max não chegou a superar os modelos menores em termos de desempenho e bateria.

Comprar iPhone não é uma tarefa simples principalmente para quem está comprando pela primeira vez. Para quem já é usuário da maçã fica a dica com as diferenças.

Será que a Apple acertou dessa vez? No lançamento como sempre foi um modelo com valor alto, porém sendo o melhor da linha. 

O que o iPhone pro Max tem?

Em termos de análise do iPhone 11 Pro não tem novidades com relação ao design. O Pro Max é exatamente igual, tendo como diferencial apenas a altura e largura para uma tela maior.

Comparado ao XS Max também não tem grandes mudanças, a frontal segue igual com o grande entalhe no topo. O 11 Pro Max está ligeiramente maior e mais pesado, isso devido à adoção de um novo vidro reforçado que a Apple alega ser o mais resistente do mercado. Sobre o vidro não deixe cair no chão para confirmar se é resistente.

O acabamento traseiro agora é em vidro fosco e reduz as marcas de dedo tornando o aparelho menos escorregadio. As câmeras estão organizadas em um quadrado elevado e são maiores do que os modelos anteriores.

Apple iPhone 11 Pro Max lojas

Quando chegou às lojas para vendas algo que chamava atenção eram as cores especialmente nas cores mais claras do Pro Max. A proteção contra água melhorou antes era possível mergulhar com o iPhone por até dois metros de profundidade. Apesar de continuar com a mesma certificação IP68 de antes, a Apple alega que o novo iPhone é capaz de sobreviver por até quatro metros debaixo d’água, desde que não passe mais de 30 minutos submerso sem causar danos ao celular. Esse telefone também é resistente a respingos de café chá e refrigerante.

Você teria coragem de molhar um celular caro como esse para ficar testando?

É bom lembrar que a garantia Apple é bem limitada para danos causados por líquidos. 

Sua tela continua com as mesmas 6,5 polegadas de antes, a resolução também não mudou e tem um novo painel OLED que a Apple, chama de super retina XDR esse é apenas um nome é elegante para dizer que o novo iPhone, reproduz HDR estendido e entrega brilho e qualidade de cores superiores aos demais do mercado.

Não demorou muito para o iPhone 11 Pro Max ser eleito como o celular com a melhor tela do mercado. Podemos afirmar que o seu brilho é realmente muito alto superando os demais que testamos e a reprodução de cores, é excelente junto com o contraste alto ajuda o que ajuda a enxergar bem o conteúdo sob o sol.

Tudo sobre o iPhone 11

O novo iPhone surpreende é na parte sonora os seus alto-falantes são potentes e entregam um som mais balanceado que os rivais no mercado. Também vai perceber uma  presença maior de graves, algo que muitos smartphones acabam pecando.  Para complementar o 11 Pro Max ainda tem o suporte para áudio espacial dando uma imersão maior no efeito estéreo, com a nova tecnologia Dolby Atmos.

O fone de ouvido que vem junto é o mesmo de sempre, mas se você não curte terá que investir em algum fone sem fio ou comprar o adaptador para P2. A qualidade sonora usando fone é muito boa, mas a potência não é tão alta.

O iPhone 11 Pro conseguiu ser ainda mais rápido que os modelos anteriores sendo, o celular mais veloz que testamos. Ele realmente abre tudo rápido e consegue manter diversos aplicativos na memória.

iPhone 11 Pro
iPhone 11 Pro Max

Isso mostra o quanto o processador da Apple está à frente da concorrência e talvez demore para vermos algum Android superar. O iPhone 11 Pro Max também é excelente para jogos e tudo roda suave.

Tudo bem, você já entendeu que o novo iPhone é muito rápido, mas e a bateria?

A Apple está sempre reciclando o design desde o iPhone X e não apenas isso como também, está mantendo quase todos os acessórios que acompanham os novos aparelhos sem alteração. A única exceção fica para o carregador. A Apple finalmente não manda mais aquele carregador fraco de 5 watts, e agora só acompanha a versão 11 normal.

As variantes Pro agora saem da caixa com o modelo de 18 watts que era vendido separadamente. Isso vai ajudar a reduzir drasticamente o tempo de recarga que antes passava das inaceitáveis três horas.

Este sempre foi o calcanhar de aquiles dos smartphones da maçã e aqui vai a melhor notícia da Apple, finalmente acertou a mão no 11 Pro Max e entrega a melhor autonomia de bateria.

Sua bateria dura mais de 24 horas, isso se você usar direto com jogos e vídeos. Em um uso normal terá carga para dois dias. Isso mostra que a utilização do iOS, supera rivais Android com bateria superior.

Outro ponto que a Apple sempre decepcionou foi no tempo de recarga e agora temos um carregador mais potente incluso na caixa, mas ainda demora um pouco para ter o 11 Pro Max totalmente recarregado.

Uma dica extra: se você quiser é possível fazer a bateria do 11 Pro Max render ainda mais para isso basta ativar o novo tema escuro, que estreou com o iOS 13 que vai desligar os pixels da tela ao exibir a cor preta, o que ajuda a economizar energia.

Não apenas a interface fica escurecida, mas os aplicativos nativos também possuem suporte ao novo tema. Aplicativos de terceiros como o Instagram, Word e vários outros da Microsoft também tiram proveito da novidade para, ajudar a economizar bateria e causar menos desconforto visual ao usar o iPhone no escuro.

Celular iPhone a câmera realmente compensa?

A Apple alega que o Face ID está mais ágil nos novos iPhones. A câmera frontal, tem lente mais ampla o que permite reconhecer o usuário de ângulos diferentes. Já o 3D Touch foi removido, sendo substituído pelo Haptic Touch. Ao tocar e segurar na tela com mais força pode sentir uma vibração similar ao que tinha no sistema anterior.

Em termos de câmeras o conjunto é o mesmo do 11 Pro e como esperado a qualidade é idêntica. Comparado aos modelos anteriores teve um belo salto de qualidade. Fazendo com que a Apple agora consiga competir com o Google e superar até mesmo a Samsung.

Fotos tiradas durante o dia apresentam uma riqueza de detalhes, cores bem representadas e balanço de branco. Você não terá tons exagerados como na linha Galaxy, o que é bom para quem curte jogar algum filtro por cima na hora de postar nas redes sociais.

A Apple está testando um recurso chamado Deep Fusion que usa a inteligência artificial, para combinar várias fotos e gerar a melhor imagem possível.

O 11 Pro Max conseguiu pegar mais detalhes da pele deixando os defeitos mais evidentes, o que pode não ser tão positivo para os mais vaidosos. O recurso ainda está em beta teste e nem sempre apresenta uma diferença significativa, e talvez, melhore com as novas versões do iOS.

O grande destaque está na lente ultra-wide presente em uma infinidade de Androids e que finalmente chega ao iPhone.

Com esta câmera você pode enquadrar mais cenários sem perder qualidade. O campo de visão é um pouco mais limitado que o da lente ultra-wide dos flagships da Samsung, por mais que seja algo bem vindo, a Apple ainda precisa melhorar nesse quesito.

A Samsung domina melhor as lentes ultra-wide e tem fotos com menos ruídos e mais equilíbrio de cores na linha Galaxy. Porém algo que a sul-coreana precisa aprender com a Apple é implementar um modo noturno decente.

O iPhone 11 Pro Max registra fotos mais claras sem sacrificar os detalhes mais distantes. Comparado ao XS, a diferença é ainda maior e consegue até superar a linha de pixel. E o melhor de tudo é que pode ser usado com a lente zoom, mas infelizmente não está disponível na ultra-wide.

A teleobjetiva permite aproximar em duas vezes sem precisar do zoom digital como já tinha no XS. A perda de qualidade está menor e temos macros melhores que nos rivais. A frontal evoluiu e registra selfies ainda mais ricas em detalhes. O lado ruim é que pega todas as imperfeições da sua pele.

A lente mais ampla agora permite tirar selfie com mais gente sem precisar se esticar todo ou usar um pau de selfie. O modo retrato não evoluiu como esperado e temos a mesma qualidade com efeito de antes.

Porém, o grande destaque da câmera frontal fica para a possibilidade de gravar vídeos 4k a 60fps, além de permitir vídeos em câmera lenta a 120 fps na resolução full hd. O iPhone 11 Pro Max também filma em 4k 60 fps com a câmera traseira, e tem estabilização dupla. O resultado é ótimo e tira proveito dos alto falantes do celular.

A ultra-wide tem estabilização mais limitada e peca por falta de foco automático. O iPhone 11 Pro Max realmente é um excelente smartphone.

Touch 3D

Outro grande avanço da empresa Apple com iPhone 11 Pro é o fim do 3D Touch. Com os novos lançamentos não terá mais, detecção de pressão física o famoso dedo na tela.

Wi-fi mais rápido incluindo 4G

Outra grande promessa é a compatibilidade com Wi-Fi 6 / 802.11ax que pode ser até 38% mais rápido. E agora temos antenas internas mais otimizadas para conexão 4G e pode ser 13% mais rápido.

Celular Apple realmente compensa comprar?

Não tem como negar que o iPhone 11 Pro Max é o melhor celular custo benefício. Este celular é o mais rápido, tem a melhor bateria entre os top de linha e a sua câmera tira ótimas fotos especialmente à noite, e ainda tem tela e som de primeira.

O 11 Pro oferece experiência e a sua bateria não dura tanto quanto o do Max, mas se você não se importa com a tela menor vale a pena economizar. Já o Iphone 11 tem tela inferior e câmera mais limitada, mas boa parte da experiência é igual custando menos.

Se você tem o XS Max e está pensando em trocar para o novo, você terá um celular melhor em tudo e pode ser uma troca interessante. E se vem de um iPhone mais antigo o salto será ainda maior.

Agora que você aprendeu tudo sobre o iPhone 11 Pro Max, basta decidir onde comprar na loja Apple.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Mais informações