Dicas imperdíveis antes de dar um iPhone ou iPad a uma criança!

Claudio Gomes

Prepare-se para a era digital! Hoje em dia o uso de aparelhos eletrônicos entre crianças está ainda maior. E é inegável os perigos online e pensando nisso hoje vamos te passar algumas dicas essenciais de como proteger seu filho online. Confira agora!

Não compre um iPhone ou iPad para o seu filho antes de ler isso

Dicas Essenciais Antes De Dar um iPad Para Uma Criança
Dicas Essenciais Antes De Dar um iPad Para Uma Criança

Ao dar um iPhone ou iPad a uma criança, a responsabilidade é crucial. Descubra como definir restrições vitais para garantir uma experiência segura e adequada.

Configurando Restrições de Navegação: Ao restringir o Safari e a iTunes Store, você protege seu filho de conteúdos inadequados. Uma dica valiosa para uma navegação supervisionada.

Leia também: iPhone 8 Plus VS iPhone X: Qual é a melhor opção para você?

Os 10 melhores modelos de iPhone em geral

Controle de Aplicativos e Compras: Saiba como restringir a instalação de aplicativos e compras dentro deles. Evite surpresas na fatura e promova a comunicação sobre escolhas digitais.

Gerenciando Chamadas de Vídeo com FaceTime: Explore as opções de restrição do FaceTime para garantir a privacidade da sua família. Controle quem tem acesso à lista de contatos e mantenha o controle.

Explorando o compartilhamento familiar da Apple

Descubra como o Compartilhamento Familiar pode simplificar a gestão de contas conjuntas. Aprenda a criar um ambiente digital seguro para toda a família.

Restrições Automáticas com Base na Idade: Entenda como a idade das crianças no Compartilhamento Familiar aciona automaticamente restrições, como o “Pedir para comprar”. Controle as transações digitais.

Benefícios de Compartilhar Conteúdo Digital: Saiba como todos os membros podem compartilhar músicas e filmes, promovendo uma experiência digital mais conectada e familiar.

Os 10 principais aplicativos para iPhone

Considerando detalhes cruciais nas restrições

Explore outras opções do menu de restrições para personalizar a experiência digital. Deixe o aparelho pronto para ser uma ferramenta educacional e divertida.

Limitando Conteúdo Adulto no Safari: Aprofunde-se na configuração de sites no Safari para garantir um ambiente online seguro. Adicione sites específicos e crie uma experiência personalizada.

Preenchendo Detalhes no Menu de Conteúdo Permitido: Saiba como definir a faixa etária de filmes, músicas e aplicativos permitidos. Personalize o acesso digital de acordo com a idade da criança.

Simplificando o processo para um futuro digital consciente

Entenda que, apesar de parecer complexo, cada passo é fundamental. Prepare seus filhos para um mundo digital consciente e seguro desde o início.

Ao introduzir dispositivos digitais na vida das crianças, a complexidade surge. No entanto, ao seguir esses 5 passos cruciais, você estará estabelecendo bases sólidas para uma experiência digital segura e enriquecedora. Do controle de navegação ao compartilhamento familiar, cada ação é projetada para criar um ambiente digital propício ao aprendizado e à diversão em família.

Os 10 principais iPhones para fotografia

Antes de entregar um iPhone ou iPad a uma criança, definir restrições torna-se o primeiro passo vital. Navegar até “Ajustes > Geral > Restrições” é o ponto de partida. A criação de uma senha exclusiva para essa área garante que apenas adultos responsáveis possam acessá-la. Anotar essa senha é imperativo, pois sua perda exigirá o reinício do dispositivo.

A lista de restrições oferece opções essenciais, começando pelo Safari. Restringir o acesso a crianças menores de 7 anos é aconselhável para supervisionar a exploração online. Da iTunes Store aos aplicativos e compras dentro deles, o controle é a chave para evitar surpresas nas faturas.

O FaceTime, serviço de chamadas de vídeo, também pode ser restringido para proteger a privacidade. Voltando ao menu de restrições, considerações sobre o que permitir na faixa etária da criança e opções de sites no Safari garantem uma experiência personalizada.

O Compartilhamento Familiar surge como uma ferramenta poderosa. Ao adicionar membros da família, automaticamente, restrições com base na idade são acionadas. O “Pedir para comprar” mantém o controle das transações, enquanto todos compartilham conteúdo digital.

Apesar da aparente complexidade, cada detalhe é crucial. Configurar um ambiente digital seguro, educacional e divertido é um investimento no futuro. Essas ações não apenas protegem, mas também promovem a comunicação e a conscientização digital desde cedo. Esteja preparado para o futuro digital, começando hoje.

Os 10 principais iPhones para empresas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *